Previous
Next

Estamos todos quebrados???

Por Amanda Lobão

O que estabelece a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais?

Basicamente, a LGPD visa proteger dados de seres humanos, em qualquer tipo de relação, seja consumo, ou até de uma parceria, tendo sido eles fornecidos eletronicamente ou por um papel escrito. Os nossos dados são monetizados na sociedade da informação, eles valem muito, o que atrai o cometimento de abusos. Um dos grandes casos que correu foi o Cambridge Analytica quando uma empresa de marketing eleitoral coletou dados das pessoas na internet e utilizou esses dados para direcionar fake news conforme o perfil da pessoa nas redes sociais, manipulando o resultado das eleições. A partir de então se percebeu a necessidade de endurecimento legislativo. Então, em 14 de agosto de 2018, se aprovou a Lei Geral no Brasil cuja intenção não é impedir que dados pessoais sejam coletados, mas mantê-los seguros.

Esse mantra vem sendo repetido minuto a minuto, nos últimos quatro meses.

E enquanto se divulga contagem de mortos como manchete principal para ganhar audiência, pouco se está observando as notas de rodapé com o número de pessoas vivas que vem perdendo seu trabalho ou emprego, como você queira chamar.

Tem cidades (e não são poucas) onde o número de mortos não chega a 10% do número de empresas que fecharam e a verdade é que parece mais lucrativo o número de vítimas da pandemia do que o resultado em desempregados que ela está deixando.

Impressionantemente, há secretarias de saúde divulgando mortes por Covid19 sem que a causa real do óbito seja essa e assim prefeitos conseguindo manter sua cidade com tudo fechado para continuar ganhando a verba da pandemia.

Estamos todos quebrados!!!

Já tínhamos uma administração pública quebrada, uma população quebrada e sempre fomos quebrados de dinheiro, mas agora, a quebradeira será sem precedentes

Lembro de um antigo gestor que dizia: “essa palavra é muito feia…quebrado”. 

Ele dizia isso aí se referir sobre alguma empresa quando pedia falência.

Mas e agora, qual palavra devemos usar?

Autor: Rafael Souza

39 anos, Gestor Comercial da empresa Purificatta, Formado em Comércio Exterior e Cinema pela FARGS