Previous
Next

Oportunidade x Preparação

Durante minha jornada na Gestão de Pessoas e/ou nas minhas sessões de Coach, uma das principais perguntas que as pessoas me faziam e fazem até hoje é:

Por que não consegui a tão esperada vaga de emprego??

A resposta para esta pergunta é muito ampla, mas costumo dizer que a melhor resposta é:

“Você pode não ter conseguido porque não estava aderente à vaga, ou seja, não estava preparado”.

Diante dessa resposta outra pergunta surge, o que vem primeiro, a oportunidade ou a preparação.

Esse é um dos temas que eu mais tenho difundido nas minhas discussões: 

OPORTUNIDADE X PREPARAÇÃO!!!

Precisamos nos dar conta de que a oportunidade é algo variável, mutável, inconstante. Pode existir hoje, ou somente em alguns meses ou até anos. Não podemos trata-la de uma maneira fixa.

Já a preparação é algo fixo, ou seja, depende de cada um de nós. As vezes mesmo com baixo investimento eu consigo melhorar meu nível de preparação e estar mais aderente a determinadas oportunidades.

Pense por exemplo no seu setor, imobiliário…seja na Administração de Condomínios, seja como síndico, zelador ou qualquer outra profissão, antes de me aventurar em qualquer caminho o ideal é conhecer quais são os requisitos dessa oportunidade e buscar uma preparação condizente.

O fato de eu “achar” que tenho conhecimento NÃO valida o conhecimento de fato!!!

Dentro dessa questão de preparação, gostaria de deixar dois pontos fundamentais para vocês:

1 – Preparação comportamental

Devo entender quais são as características comportamentais para a vaga/oportunidade em questão e entender se tenho alguma dificuldade em cumprir esse papel.

Há profissões como síndicos por exemplo que requer uma disciplina (comportamento) elevado para tratar com todas as questões pertinentes ao cargo. Além disso o poder de resiliência e habilidade de gerenciar conflitos são comportamentos essenciais para essa pessoa.

Portanto saber se tenho aderência a isso me dará uma maior segurança e caso não me sinta confortável posso buscar ajuda para tentar desenvolver alguns desses requisitos (lembrando que há características comportamentais que não são treináveis, já são lapidáveis)

2 – Preparação Acadêmica

Aqui entra algo essencial para um bom profissional em qualquer ramo de atuação, ter uma boa formação! Isso não quer dizer que devo fazer todos os cursos possíveis e imagináveis, mas sim selecionar aqueles que melhor se encaixam no meu orçamento x necessidade.

Ter uma boa formação é fundamental para uma excelente preparação, pois isso pode ser fator decisivo na hora da contratação. Não podemos pensar que o simples fato de “gostar de determinada área” me capacita para trabalhar nela. É preciso ter ajuda de profissionais que já conheçam o caminho e nos ajudem a trilhá-lo de forma mais clara, fácil e eficaz.

Por fim, quero dizer que a preparação é o passo inicial e fundamental para termos melhores oportunidades e também estarmos aderentes a concorrer, participar de determinadas vagas.

Esteja preparado e quando a oportunidade surgir (e ela vai surgir) você sentirá muito mais seguro e entregará o melhor de si.

Abraços

Emerson Cabral

Autor: Emerson Cabral

Engenheiro de produção com especialização em marketing e vendas. Mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de novos negócios e no gerenciamento de relacionamento com clientes chave no segmento de sistemas de energia. Grande habilidade para se relacionar e se comunicar efetivamente em todos os níveis, visando a construção de um relacionamento baseado em confiança tanto com as partes interessadas quanto clientes internos. Forte pensamento analítico, que ajudam a melhorar o fluxo de processos e asseguram a conformidade com o foco na mitigação de riscos, apoiando a estratégia e o planejamento do negócio. Envolve as pessoas para obter resultados e cria um ambiente agradável para o trabalho. Desenvolvedor de pessoas e treinador de equipes de alto desempenho.