Previous
Next

Quais os cuidados com o elevador do seu Condomínio?

Por Thamilis Bianco*

Por Lei, a manutenção deve ser realizada, como forma de prevenção, mensalmente, independentemente da frequência de uso. Essa medida é essencial pois evita que imprevistos aconteçam.

 

Em edifícios podem ser realizadas as manutenções preventivas, onde o objetivo é evitar que ocorram eventuais problemas no equipamento e realizar possíveis trocas de peças antes que algum defeito ocorra e existem também as manutenções corretivas onde um técnico é acionado para resolver um problema emergencial fazendo com que o elevador volte a funcionar.

 

Em se tratando de manutenção, é importante lembrar que a manutenção preventiva além de ser menos custosa, gera maior segurança aos seus usuários, inclusive aos condominios.

 

Quantos tipos de manutenção existem?

  • Manutenção Preventiva – efetuada mensalmente baseada em dados de nosso sistema de gestão, auxilia na prevenção de danos maiores;
  • Manutenção Corretiva – efetuada sem planejamento, em caráter emergencial.
  • Reparos – substituição de peças ou componentes danificados que provocam falhas ou desgaste nos equipamentos

É necessário fazer um contrato de Manutenção?

Sim, é muito importante, e necessário, ter uma empresa que efetue a manutenção preventiva e corretiva periódica em todos os tipos de equipamentos de elevação. Em cada município, essa obrigatoriedade é determinada pela prefeitura. Em São Paulo, por exemplo, o CONTRU-5 exige que o elevador seja instalado e conservado por uma empresa devidamente licenciada, conforme descrito na Lei n° 10348.

Qual a periodicidade para a realização da manutenção?

A manutenção deve ser realizada mensalmente por um técnico da área de assistência técnica. Este técnico é o responsável pela manutenção preventiva do elevador, o que garante a qualidade e o bom funcionamento do equipamento. As manutenções são essenciais para garantir maior longevidade dos equipamentos, bem como a segurança e bem-estar dos passageiros.

Qual o tempo médio para atender a um chamado de manutenção?

Quando a equipe técnica é acionada, o técnico leva em média duas horas (2 horas) para chegar até o local do chamado. Especialistas ágeis e capacitados atuam 24 horas por dia, 7 dias por semana, a fim de garantir a saúde e integridade do elevador de seu edifício.

Quais as marcas de elevadores atendidas?

Esta é uma das maiores dúvidas que clientes ou qualquer pessoa, que necessite de uma manutenção de elevador, possui. E a resposta para esta questão é muito simples.

A empresa contratada tem como dilema tanto a manutenção quanto a modernização de qualquer marca de elevador, pois a empresa sempre tem que estar buscando inovações, tecnologias para atender seu cliente de forma rápida, eficaz e principalmente com total responsabilidade. 

É importante ressaltar que a indústria de elevadores não produz todos os componentes utilizados na fabricação de um elevador.

 

Estas empresas atuam como as montadoras automobilísticas, onde os fornecedores de peças são comuns para todas as empresas.

Portanto, não fique com receio de contratar uma empresa que não é a mesma que fabricou seu elevador, pois, muitas vezes quando você contrata outra empresa, consegue economizar com o contrato de manutenção, e ainda, obter benefícios no qual a empresa fabricante muitas vezes não lhe oferece.

Preciso fechar um contrato de manutenção para ser atendido?

Os serviços de empresa de manutenção de elevadores vão além da manutenção preventiva e corretiva. Existe também o serviço de reparos, onde é efetuada a substituição de peças ou componentes danificados.

 

Além das manutenções já mencionadas, a Orion Lift também emite o RIA (Relatório de Inspeção Anual) um documento primordial, que deve ser emitido por uma empresa conservadora de elevadores, após a vistoria minuciosa em cada um dos componentes, conforme procedimentos indicados na legislação do RIA On Line.

Autor: Thamilis Bianco